Autor: Parma Cuberos

Mesóclise

“os poderes constituídos rir-se-ão da vontade popular enquanto ella se manifestar dentro dos limites da lei” A Plebe, 11 de Junho de 1921 Atualíssimo. (A imagem destacada deste post na página principal é do artista polonês Marcin Owczarek.)    

Memórias

O mundo é um lugar muito grande comparado com a nossa existência. Existem lugares que nunca conheceremos, línguas que nunca ouviremos, sabores que nunca provaremos. A maioria das pessoas não liga para isso e passam praticamente toda a sua vida próximo ao lugar onde nasceram ou então próximo ao lugar onde se estabeleceram. Não há

Continue lendo

Ratos

A lembrança não é minha, mas do Marcelo Lima no seu excelente blog. Só podia ser de autoria do Chico Buarque. Não há música e letra que melhor represente o atual governo interino brasileiro. Realmente, como que composta sob medida. Uma boa e interessante análise sobre a música pode ser vista aqui. E ela pode ser

Continue lendo

A Inglaterra triunfa!

Lendo hoje a estarrecedora e triste notícia no site da BBC sobre a onda de xenofobia na Inglaterra pós Brexit, me veio à lembrança a genial série em quadrinhos – ou sendo mais sofisticado, romance gráfico – V de Vingança, publicada originalmente,  na versão integral, na Inglaterra em 1988. Comprei esta história no começo dos

Continue lendo

La Tierra y la Sombra

Há uma cena, quase no final do filme, em que dois protagonistas sentam-se em um banco à beira de uma árvore enorme, e o homem comenta com a mulher, “ se lembra quando caminhávamos no meio dos laranjais e outras árvores…” e ela retruca “isto faz muito tempo”. Na imagem, além do banco e da

Continue lendo

Voltando….

Escrever é uma arte sinuosa. Você senta, há uma ideia e precisa desenvolvê-la. O início é um tanto difuso, as palavras não se encaixam, a tecla delete é pressionada inúmeras vezes, você olha para a janela buscando inspiração, quem sabe o espírito de Machado de Assis vem e o post sai em cinco minutos. As

Continue lendo

Número Zero, Umberto Eco

Até parece que Umberto Eco, grande intelectual italiano falecido recentemente, viveu no Brasil no último ano. Acho que nunca havia lido um romance tão antenado com o momento atual. O autor é bem conhecido pelo seu (excelente) romance O Nome da Rosa, que teve uma adaptação para o cinema muito bem realizada – porém muito

Continue lendo