Duas ótimas séries policiais no Netflix

Nenhum comentário

collageboca_0EM primeiro lugar, vamos comentar: com tanta série excelente por aí, quem ainda tem saco para assistir novelas?

É incrível que a cada dia que passa a programação aberta das tevês se torna mais irrelevante e obsoleta. Nada mais arcaico do que o jornal das 8, a novela das 9…isso sem falar no conteúdo, cada vez mais imbecilizante.

Com estes serviços de streaming, como a Netflix, você assiste quando, onde e como quiser. Se quiser assistir no seu smartphone na sua hora do almoço, você pode.

O Brasil será um país melhor quando entrarmos em um consultório médico e a TV não estiver mais sintonizada na TV Globo. Mas isso é outra história.

Vamos lá.

Acabamos de assistir duas excelentes séries policiais disponíveis na Netflix: The Killing e The Fall.

A primeira é produzida pela americana AMC, baseada em uma série original dinamarquesa Forbrydelsen, disponível também no Netflix . Ambientada em Seattle, terra natal do Nirvana, Pearl Jam e de todo o movimento grunge, cidade com um clima desgraçado em que a maior parte dos dias do ano chove, além de fazer um baita frio. No início da série uma adolescente é assassinada, e a investigação cabe a inspetora Sarah Linden (Mireille Enos) e ao seu parceiro Stephen Holder (Joel Kinnaman). Há uma campanha política em curso, que de alguma está relacionada com a morte da garota.

the-killing-quem-matou-rosie-larsen

Um dos grandes méritos da série é a performance excepcional da dupla policial. A atuação da atriz Mireille Enos lembra a de Frances McDormand em Fargo: Sarah Linden não é bonita, nem é uma super policial infalível; ela erra, é cheio de problemas pessoais, não consegue conviver com o filho, enfim, ela é uma pessoa normal, com todas as falhas e qualidades. Joel Kinnaman (que trabalhou na última temporada de House of Cards), seu parceiro, está muito bem também, no papel de um policial adicto que luta com os seus pesadelos. Os dois juntos se completam.

Cada capítulo da série corresponde a um dia de investigação e é impossível assistir só um de cada vez. Ponto aos roteiristas.

Assistimos às duas primeiras temporadas. São quatro no total, e a crítica para as duas últimas são positivas também. Vamos conferir.

Já The Fall se passa em Belfast, Irlanda do Norte, e é uma série inglesa que foi exibida originalmente por um canal irlandês junto com a BBC. Sua protagonista é Gillian Anderson, velha conhecida por seu papel na mítica série X-Files. Gillian é Stella Gibson, experiente policial baseada em Londres que é chamada para Belfast para chefiar uma investigação sobre um serial killer que está matando mulheres jovens com requintes de crueldade.

the-fall-01

Como uma típica série europeia, o seu desenvolvimento é mais lento e linear do que as séries americanas. Há poucas reviravoltas no roteiro, mas a tensão é aumentada continuamente, e o embate psicológico entre os personagens, mas especificamente entre Stella e o suspeito, é sensacional. Os diálogos são muito bem construídos – novamente uma característica dos ingleses.

Stella Gibson não é uma policial comum. Sofisticada, bem preparada e com uma cultura muito acima da média, ela é uma feminista dentro e fora do seu meio, majoritariamente masculino. Ela sabe, por conhecimento profissional, que a perversidade dos homens não tem limites, e que a sociedade perdoa muito mais os desvios e as mais diversas sexopatias quando o homem é o protagonista. O serial killer, cujo nome do personagem vou aqui omitir, poderia ser definido em uma frase de Nelson Rodrigues: “tarado é toda pessoa normal pega em flagrante”.  Claro que é uma piada, o cara é um doente profundo, mas ao mesmo um tempo um cara normal, casado, cuja filha o adora. Mas a série acerta também no seu (serial killer) histórico psicológico, pois afinal de contas de onde vem o mal? Por que tanta gente é tão maldosa e sádica? Não se trata de perdoá-lo, mas entendê-lo.  Outro ponto positivo para The Fall.

É uma série relativamente curta: são 17 capítulos divididos em três temporadas e a última, com seis episódios, é magistral. A violência, quando irrompe, é brutal e seca.

the-fall

Não à toa, The Fall recebeu inúmeras críticas extremamente positivas e o público que a assistiu também aprovou: o site Rotten Tomatoes dá 100% de aprovação para as duas primeiras temporadas. O Metacritic também o avalia de forma muito favorável.

Realmente uma das melhores séries policiais de todos os tempos.

sobre parma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s