Palmira na Síria – um oásis no deserto

2 comentários

DSC05734

” Na entrada da cidade havia um castelo no topo de uma colina. De lá de cima podíamos ver a cidade de Palmira, um oásis em pleno deserto. Diferentemente de outras cidades antigas, as construções em Palmira eram de uma cor clara, um tom de areia que se destacava no deserto rochoso na região central da Síria. O guia/motorista que nos acompanhava não falava inglês, então nos comunicávamos através de gestos. Quando entramos no castelo nos divertimos entre os corredores e túneis que mais pareciam um labirinto. Lembro que haviam poucos turistas e muitas vezes ficávamos sozinhos naquela construção cheia de história.

DSC05657
Vista do castelo para o “oásis” Palmira

Fiquei surpresa em ver um oásis, uma palavra que sempre ouvia falar e que agora estava a minha frente. Uma porção de terra coberta de vegetais e que dispunha de lençóis d’água para irrigação e que por isso possibilitava o desenvolvimento de pequenas vilas ou cidades.

O castelo
O castelo
O
O “labirinto”

DSC05656

Vista para a cidade Tadmor
Vista para a cidade Tadmor

Lembro que antes de chegarmos ao sítio arqueológico de Palmira passamos na cidade de Tadmor, que fica ao lado, e descobrimos que na cidade haviam dois hotéis que “brigavam” por hóspedes. A cidade na época tinha por volta de 70.000 pessoas. Agora está sob o domínio do Estado Islâmico.

DSC05633

Para chegar em Palmira que era governada pela cidade de Homs, passamos por grandes campos de gás o que torna a região atraente para o domínio do Estado Islâmico.

Próximos a fronteira com o Iraque
Próximos a fronteira com o Iraque

Segundo o site da Unesco Palmira é um monumento de ruínas de uma grande cidade que foi um importante centro cultural do mundo antigo. Do 1º ao 2º século, a arte e arquitetura de Palmira ocupou lugar de prestígio nas cruzadas de várias civilizações, construídas com técnicas grego-romanas, tradições locais e influência persa.

DSC05741

Palmira se estabeleceu como um oásis no caminho das caravanas no deserto e ficou sob o domínio Romano na metade do primeiro século DC. A cidade cresceu e se tornou importante como rota comercial ligando a Pérsia, Índia e China com o Império Romano.
DSC05743DSC05744

DSC05740 DSC05739 DSC05738 DSC05737

Uma grande rua  de 1.100 metros cheia de colunas, que atravessava a cidade e levava aos maiores monumentos públicos: o Templo de Ba’al, o Campo de Diocleciano, a Ágora, o Teatro e outros templos menores.

A Ágora
A Ágora

DSC05736

Lembro que o guia ( que falava inglês) nos contou que por aquele caminho já havia passado Alexandre “O Grande” e a Cleópatra.

O Teatro
O Teatro

O Teatro em Palmira é grandioso, muito bem conservado e mostra fielmente como eram os teatros de arena nas cidades antigas.

O Teatro
O Teatro

DSC05718DSC05715DSC05671DSC05680Nas colunas tinham desenhos de frutas e animais que simbolizavam saúde, felicidade, fartura, etc. O guia nos fez ver por debaixo de uma delas alguns símbolos.

O guia
O guia

Por sinal este era o guia. Um senhor muito gentil que parecia realmente conhecer a história da cidade. Com um lenço, ele me mostrou como as mulheres que viviam em Palmira antigamente usavam o adorno na cabeça.

Funerária para os operários
Funerária para os operários

DSC05706

Essa é uma daquelas fotos que captamos espontaneamente e que depois de algum tempo se torna simbólica. Quantas crianças perderam suas famílias na guerra e agora estão sozinhas no mundo?

DSC05744 DSC05746

Até mais surpreendente que visitar Palmira, foi o caminho que tomamos para ir embora até Alepo. Não sabemos ao certo, mas a impressão que tivemos foi que o motorista tomou um atalho atravessando no meio do deserto e acabou se perdendo. Ele parou algumas vezes para perguntar o caminho para os beduínos. Paramos numa vila e consegui tirar uma foto. Todos os homens usavam o cafia e túnica (trajes típicos árabes) e dava para perceber que não tinha nenhum vestígio ocidental.

DSC05747

Sbre Eanne

2 comentários em “Palmira na Síria – um oásis no deserto”

  1. Pingback: Memórias |
  2. I precisely had to say thanks again. I do not know the things that I might have implemented in the absence of these creative concepts revealed by you directly on my situation. It became a hard condition in my circumstances, however , coming across the very specialized form you treated the issue made me to leap over happiness. Now i am grateful for the support and have high hopes you really know what a powerful job you have been carrying out instructing many people thru your webpage. Most probably you have never encountered all of us.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s