O gigante Metallica

Nenhum comentário

Uma das bandas mais bem sucedidas no cenário do rock, com 9 milhões de discos vendidos desde 1981 e que nos anos 90 alcançou o ápice da carreira.

Foto: Internet
Foto: Internet / Vocalista e guitarrista James Hetfield; baixista Lars Ulrich; guitarrista Kirk Hammett; baixista Robert Trujillo.

Lembro que nessa época gostava de algumas músicas, talvez as mais populares: “Nothing else matters”, “The unforgiven”, “Enter Sandman”, “One”, Sad but true”, pois achava as outras faixas um tanto “pesadas”. Até que um dia fui com o Parma e um amigo ao show da turnê “World Magnetic Tour” em 2010 no Estádio do Morumbi. Um grande show. A estrutura, as músicas, a banda, os efeitos me conquistaram. Depois pesquisando um pouco mais descobri o documentário Metallica: Some Kind of Monster, onde a minha admiração pela banda só aumentou.

Foto: Internet
Foto: Internet / As frequentes discussões entre James Hetfield e Lars Ulrich

 O documentário mostra o backstage da gravação do disco St. Anger: a escolha das faixas, o repertório. Enquanto isso, um terapeuta contratado pela banda, acompanha as reuniões dos integrantes com a missão de ajudá-los a superar a crise que enfrentavam. Foi uma época sombria para o Metallica. O baixista Jason Newsted deixa a banda e o vocal James Hetfield está em recuperação depois de 1 ano afastado em reabilitação do álcool. Achei muito bacana porque os integrantes originais esperaram a recuperação do vocalista. Também há cenas das audições em busca da contratação de um novo baixista. O escolhido foi  Robert Trujillo que já havia tocado com o Ozzy Osbourne.

Foto: Internet
Foto: Internet / As audições em busca de um novo baixista
Foto: Internet / Robert Trujillo
Foto: Internet / Robert Trujillo

Quando foi anunciado a contratação, o baixista ganhou de cara “para resolver sua situação financeira” 1 milhão de dólares. No filme, o baterista  Lars Ulrich mostra porque é um dos rockeiros mais ricos do mundo: ele tem uma vasta coleção de arte. O documentário é produzido por Joe Berlinger e Bruce Sinofsky, filmado em 2003 e nos dá uma percepção de quanto o Metallica é gigante no cenário da música. Para quem ainda tem dúvida, vale assistir o show que eles fizeram na Antartida, assim sendo uma das poucas bandas se não a única a fazer shows nos 5 continentes.

Sbre Eanne

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s